Notícias
Dirigente pede ajuda para tirar o VEC do “fundo do poço”
Rondoniense-2017
17.05.2017 - 16:30 - Rondônia

José Carlos Dalanhol, mais conhecido como “Gaúcho do Milho”, Presidente do Vilhena Esporte Clube (VEC), visitou a redação do Extra de Rondônia nesta terça-feira, 16, onde expôs as dificuldades que o time está enfrentando para continuar no Campeonato Estadual.

Gaúcho disse que está levando o time na raça, pois está com um plantel de 27 jogadores, sendo: 19 de fora e 8 da região.

A folha pagamento do mês de março foi de R$ 20 mil, já no mês de abril subiu para R$ 25 mil e no mês de maio é de R$ 40 mil, justamente porque recebeu novos atletas que vieram de fora.

Dalanhol, enfatiza que, em 2016 o VEC ficou de fora do certame, com isso, se não escrevesse o time para o campeonato de 2017 ficaria 5 anos fora da competição, por isso a necessidade de entrar praticamente sem recurso e levar o clube na raça.

Hoje o VEC conta apenas com três patrocinadores, sendo: Unopar, Vilhena Tintas e Posto Planalto. A folha está atrasada em uma e meia.

Gaúcho diz que literalmente o VEC está no “fundo do poço” e precisa da ajuda da torcida e do empresariado para chegar ao final do campeonato.

Segundo Dalanhol, no primeiro jogo entre VEC e Barcelona a renda para o clube foi de apenas R$ 8 mil e no segundo a renda foi de R$ 3 mil, valores praticamente irrisórios para uma despesa mensal de R$ 40 mil.

No próximo domingo VEC enfrenta o Ji-paraná no portal da Amazônia e precisa que os torcedores, simpatizantes e empresários se engajem junto ao time para que o Estádio lote e a renda seja boa para o clube quitar seus débitos com os atletas.

Gaúcho ainda enfatizou que seu mandato termina em setembro de 2017 e quer deixar o clube com as contas em dia para o próximo presidente.

Dalanhol deixou claro que após deixar a presidência do VEC, vai cuidar exclusivamente de sua vida pessoal.

Foto: Alexandre Almeida
Fonte: Extra de Rondônia
 
© Copyright 2004 - 2017 / Todos os direitos reservados a Futebol do Norte