Notícias
Dorielson Mendes considera que parte física pesou para eliminação do Atlético Acreano na Copa Verde
Bastidores
23.10.2021 - 11:49 - Acre

Depois de mais de 20 dias sem entrar em campo oficialmente, o Atlético-AC voltou a jogar nessa quinta-feira (21) e acabou eliminado da Copa Verde nos pênaltis pelo Aquidauanense, na Arena da Floresta, em Rio Branco. As duas equipes empataram por 1 a 1 no tempo normal e os visitantes levaram a melhor nas penalidades, vencendo por 5 a 4.

Ao ge, o treinador Dorielson Mendes avaliou a participação do Galo Carijó na competição e indicou o que teria levado o clube à eliminação precoce.

– Quando a gente não tem planejamento fica difícil conquistar qualquer coisa. A gente estava parado há mais de 20 dias sem fazer nada. Jogador só comendo, bebendo e dormindo. Nos reunimos pra fazer esse jogo menos de uma semana. Só nos reunimos porque não teve praticamente nada. Então, é difícil você cobrar algo dos jogadores que não estão em atividade. Aí a gente vai pra um jogo desse só com a cara e a coragem. No primeiro tempo a gente jogou bem, mas a gente sabia que ia ter problema já no segundo tempo por falta de preparo físico – afirmou. O Galo Carijó saiu na frente com golaço do atacante Erick chutando de fora da área, aos 11 minutos, e conseguiu manter a vantagem até os acréscimos do primeiro tempo. Aos 47, no entanto, Alex Índio empatou a partida. Dorielson Mendes, que também é preparador de goleiros no clube, considerou que o chute era defensável, mas o goleiro Tião acabou não conseguindo fazer a defesa.

– Acho que no gol deles teve uma displicência do meu goleiro, mas o Tião é um bom goleiro, também não estava treinando. Numa bola de confiança, de segurança, uma displicência ali aconteceu aquilo – disse.

Sem vencedor durante os 90 minutos a decisão do classificado foi para os pênaltis. E com uma cobrança desperdiçada pelo meia Diego Costa, que atuou no sacrifício, segundo o treinador, por causa de um tumor no pescoço, o Galo Carijó acabou ficando pelo caminho.

– Pênalti não é loteria e sim competência. E todos tiveram competência, mas um pode errar e outro pode fazer. Terminamos a competição como a gente não queria, mas não podemos cobrar dos jogadores o que a gente não fez – afirmou.

Com o fim da temporada do futebol profissional, Dorielson Mendes não sabe se vai continuar no Atlético-AC em 2022. Tudo vai depender de uma conversa com o presidente do clube, Elison Azevedo, e dos planos que o dirigente tem para a próxima temporada. A expectativa do treinador é de que seja um novo ciclo com mudanças pra melhor no futebol do Galo Carijó.

– A gente tem que mudar muita coisa no futebol do Atlético-AC, novos ares, novas lideranças pra poder alcançar algo mais. Tenho certeza que nosso presidente vai reformular novamente o nosso grupo pra que a gente possa voltar com força total. Ainda não conversei com o presidente sobre esse assunto (permanência). Vou conversar com ele, ver quais são os projetos dele pra 2022, mas depende muito dele. Gostaria muito que alguma coisa mudasse no Atlético, não ficasse dessa forma – finaliza.

O Atlético-AC só volta a jogar oficialmente em 2022. Na próxima temporada o Galo Carijó terá apenas o Campeonato Acreano no calendário do futebol profissional.

Foto: Manoel Façanha
Fonte: Globoesporte.com
 


© Copyright 2004 - 2022 / Todos os direitos reservados ao Futebol do Norte