Notícias
Princesa bate JC e salta para terceira posição
Amazonense-2021
05.04.2021 - 19:10 - Amazonas

O Princesa é mais um time matematicamente classificado às quartas de final do Amazonense. Com gols dos primos Frank e Luciano, além de Guilherme, o Tubarão bateu o JC por 3 a 1 nesta segunda-feira, no estádio Floro de Mendonça, em Itacoatiara, pela sétima rodada do estadual. Jean descontou nod acréscimos. A equipe chega aos 10 pontos e não pode mais ser ultrapassado pelo Iranduba, que está zerado e só tem mais três jogos a fazer.

Com o resultado, o Tubarão ganha duas posições na tabela, ultrapassando Clipper (8) e Nacional (8), e chega ao terceiro lugar, com 10 pontos, atrás de Manaus FC, que tem 15, e Amazonas, que tem 11. Já o JC fica estacionado na vice-lanterna do torneio, com cinco pontos, à frente do Iranduba.

O JC volta a campo na próxima quinta, dia 8, contra o Penarol, no primeiro clássico entre as equipes na história. A partida será no Floro de Mendonça, em Itacoatiara. Já o Princesa folga na oitava rodada e só joga no sábado, dia 10, contra o Clipper, em Manacapuru, pela nona e última rodada. A equipe ainda tem um jogo adiado contra o Manaus para fazer.

O Jogo - O JC teve mais a posse de bola e tentou propor o jogo, mas encontrou um Princesa bem fechado defensivamente, o que dificultou qualquer tentativa de infiltrações. Já o Tubarão se defendia e saía com perigo nos contra-ataques. Aos cinco, Ferrari saiu jogando errado, Frank roubou a bola, tirou do goleiro, mas Paulão evitou o gol em cima da linha. No lance seguinte, não teve jeito. Frank recebeu enfiada de Felipe Tiririca e chutou no cantinho de Ferrari.

Após o gol, o JC começou a assutar nas bolas paradas de Jefferson Negueba, duas vezes com Rosivaldo na área, mas Eric, que fez bom primeiro tempo, evitou. O Princesa chegou outras duas vezes, as duas com Luciano. Na primeira, ele cobrou falta por fora da barreira e viu o goleiro Ferrari salvar. Na segunda, o camisa 21 aproveitou rebote do arqueiro após chute de Tiririca e ampliou.

Foto: Antônio Assis/FAF-AM


As duas equipes voltaram do intervalo com mudanças, mas o cenário não mudou muito. O Princesa dava a posse de bola ao JC, mas ao mesmo tempo não levava sustos e controlava o resultado com certa tranquilidade. O melhor momento do JC foi aos 15 minutos, quando o árbitro Rafael Ramos Tourinho viu pênalti de Guilherme sobre Diego Victor, que entrou no intervalo.

O próprio atacante cobrou para defesa de Rascifran, que também pegou o rebote. Cinco minutos depois, Guilherme se redimiu da penalidade e, em chute de categoria da entrada da área, marcou o terceiro. Nos acréscimos, Jean descontou após duas tentativas, mas já era tarde para reagir.

Fonte: Globoesporte.com
 

Futsal Acre Amapá Amazonas Pará Rondônia Roraima Tocantins Giro pelo Brasil Giro pelo Mundo

© Copyright 2004 - 2021 / Todos os direitos reservados ao Futebol do Norte