Notícias
Lecheva ganha licença após morte da filha e auxiliar comanda treino no Fast
Série D
31.12.2020 - 18:40 - Amazonas

Após o falecimento da filha nesta quarta-feira, que nasceu sem vida devido a complicações de um parto prematuro, o técnico Ricardo Lecheva pegou alguns dias de licença médica do Fast para acompanhar a esposa neste período de luto. O comandante também recebeu condolências tanto do Tricolor de Aço quanto de outros clubes do Amazonas. Além de jogadores, amigos e familiares.

Como o caso aconteceu no início do dia desta quarta-feira, as atividades marcadas para o decorrer do dia foram todas canceladas, mesmo em meio a semana decisiva que antecede a partida de ida das quartas de final da Série D. Nesta quinta, porém, o Fast retomou os treinos, só que com o auxiliar Igor Oliveira à frente da comissão técnica.

O treino ocorreu pela manhã e foi fechado para a imprensa, mas, além da novidade na área técnica, outras notícias foram positivas. O atacante Mateus Oliveira, que ficou de fora do jogo de volta contra o Globo-RN pois havia acusado positivo para Covid-19, testou negativo em novo exame e foi reintegrado. Vale lembrar que Lecheva não pôde contar com nenhum centroavante para escalar no último jogo.

Quem também treinou normalmente com bola foi o volante Márcio Passos, mais um que desfalcou o Rolo Compressor na vitória por 1 a 0 contra a Águia de Ceará-Mirim. O volante sofreu uma pequena contratura na coxa direita, mas teve uma recuperação rápida, na base da fisioterapia, e nesta quinta treinou bem, e a expectativa é que esteja disponível para o jogo contra o Novorizontino, no domingo.

O zagueiro Thiago Spice, que foi titular nos 90 minutos da vitória contra o Globo, e inclusive cobrou uma das penalidades, voltou a treinar após não participar da atividade de terça-feira, única da semana até então. Spice teve um estresse muscular no tibial, realizou exames de imagens, que não apontaram nada tão grave. Teve dores locais e realizou trabalhos analgésicos.

Bernardo e Daivison seguem fora e viram dúvidas

O lateral-direito Bernardo, que só teve condições de jogar 45 minutos no último domingo, e o atacante Daivison, que sequer foi relacionado devido a uma lesão, desfalcaram o segundo treinamento seguido na semana e agora passam a ser dúvidas para o jogo de ida das quartas de final, no domingo.

Bernardo já havia se recuperado da torção do primeiro jogo contra o Globo-RN, mas na madrugada da partida de volta teve um quadro de problema estomacal, com vômito e diarreia, e por isso ficou como opção no banco. Já Daivison, com desconforto, vem fazendo só fisioterapia, mas realizou um exame mais detalhado nesta quarta, e está só aguardando o resultado.

Igor Oliveira esteve a frente dos trabalhos. Foto: João Normando
Fonte: Globoesporte.com
 


© Copyright 2004 - 2021 / Todos os direitos reservados ao Futebol do Norte