Notícias
Bacas mira titularidade no Fast: "Vai ser uma briga boa"
Série D
15.08.2020 - 19:13 - Amazonas

O Fast iniciou os treinos no início desta semana de olho no Galvez-AC, primeiro adversário na Série D deste ano, mas com o elenco reduzido devido aos casos positivos de Covid-19 no elenco. O meia Emerson Bacas é um dos mais experientes do grupo e está focado em uma vaga entre os 11 iniciais.

O jogador é um dos seis atletas que vieram do Amazonas FC, além do treinador Ricardo Lecheva. Segundo ele, a disputa pela titularidade será grande, mas essa dor de cabeça será do técnico.

"Vai ser uma briga boa. Tem jogadores de qualidade no elenco. Quem vai ter esse problema é o Lecheva. Vou continuar trabalhando firme, buscando meu espaço a cada dia. O Lecheva vai escolher quem estiver melhor. Me sinto bem em jogar pelo meio ou pelas pontas. O que o Lecheva escolher, não terei dificuldade", Emerson Bacas.

Enquanto todo o grupo não treina junto, a comissão técnica está focada nos treinos físicos dos jogadores. Ao total, o Rolo Compressor tem nove atletas contaminados: o zagueiro Guilherme Moller, os meias Dadá, Igor e Dênis Pedra e Charles, os atacantes Daivison e Geraldo, além dos atletas da base Flávio Henrique e Matheus Alves.

- A preparação está sendo a melhor possível. Claro que ninguém consegue evoluir rápido porque ficamos quatro meses parados. Estamos trabalhando com cautela para que ninguém se lesione e fique apto a jogar - falou.

Até a estreia, o Fast terá 38 dias de treinos. O que pode facilitar dentro de campo, segundo Bacas, é que a maioria dos jogadores se conhecem. Do elenco, seis atuaram juntos no Amazonas FC e 10 no Fast no estadual deste ano.

- Quando você conhece os jogadores, isso ajuda no entrosamento. Joguei com quase todos aqui. A gente vai se conhecendo nos treinos, na resenha em casa. Vamos dando um jeito de facilitar as coisas para chegar 100% na estreia e dar tudo certo - disse.

O Fast não entra em campo para uma partida oficial desde a derrota para o São Raimundo por 1 a 0, no dia 15 de março pelo Campeonato Amazonense. Ansioso pelo jogo, Bacas acredita que a equipe tem que controlar a ansiedade para fazer um bom jogo em setembro.

- Eu fico ansioso por todo jogo. Temos que ter paciência. Não podemos errar, pois qualquer erro pode ser fatal. A gente quer voltar a jogar, dar alegria ao nosso torcedor, mas temos que ter cautela. As coisas darão certo no final - finalizou.

De acordo com a tabela base divulgada pela CBF, o clube deve estrear no dia 19 ou 20 de setembro fora de casa contra o Galvez-AC, pela primeira rodada da Série D do Campeonato Brasileiro.

Foto: Ascom/Fast
Fonte: Globoesporte.com
 


© Copyright 2004 - 2020 / Todos os direitos reservados ao Futebol do Norte