Notícias
Altos analisa "adaptar situação" de treinos em caso de diminuição do intervalo entre os jogos
Bastidores
16.04.2020 - 11:45 -

À espera de uma definição do calendário de 2020, a comissão técnica do Altos está preparando o planejamento de retomada após a pausa por conta da pandemia de coronavírus. Com a possibilidade de diminuição do intervalo entre os jogos, o preparador físico do Jacaré, André Otaviano, explicou como fica o cronograma do grupo alviverde, com ou sem a possível mudança, logo após a quarentena preventiva.

- Os atletas são bem conscientes. Nosso grupo é mesclado com jovens e atletas experientes, e creio que não vai ser um problema a mais para o Altos. O time é bem consciente, está treinando, e creio que esse intervalo de dois dias de um jogo para outro não vai ser muito problema para a gente. Durante a competição demonstramos que o grupo está bem fisicamente, terminamos bem a competição, quando teve que ser paralisada, mas vamos sentar e conversar com toda a comissão. Nunca decidimos só, somos um grupo e sentamos e decidimos - revelou André Otaviano, preparador físico do Jacaré.

Com tudo parado, a falta de datas para a continuidade dos campeonatos estaduais ligou o alerta das entidades do futebol nacional. Por isso, para adequar os próximos compromissos após a pausa, a Federação de Atletas apresentou à CBF uma proposta para a redução do intervalo entre os jogos de 66h para 48h. Ou seja, a cada dois dias uma partida poderá ser realizada.

- Não podemos mais pensar em mudar, mas, sim, de adaptar a situação que vai nos tornar. Quando voltarmos, a primeira coisa que vamos fazer é olhar datas, horários, dias que temos para trabalhar com os atletas antes dos jogos. Como os atletas estarão voltando de um período de destreinamento, boa parte está treinando pouco, em modo moderado, estou acompanhando todos eles.

- Monto treinos, faço ao vivo em lives e passo os treinos para alguns. Meu pensamento não vai mudar muito. Até porque só vamos conseguir recondicionar esses atletas durante as competições - completou o preparador.

A proposta não cai como um grande impacto para o Altos, do goleiro Rodrigo Ramos (foto), segundo André, porque o grupo vinha se preparando de maneira mais ofensiva para os jogos do Campeonato Piauiense e Série D do Brasileiro. Como o tempo vai ser apertado, apenas algumas adaptações vão precisar ser feitas após a pausa.

- Durante a volta não vamos ter tempo para trabalhar a parte física, nem ter tempo para inserir como prioridade, mas sim a parte técnica e tática do professor. Para que a gente possa retomar com um grupo bem homogêneo. Tentar deixar ele o mais homogêneo possível – explicou.

Assim como em outros estados, o Piauiense precisou ser suspenso pela FFP para evitar riscos de contaminação do novo coronavírus. Sem atividades, os clubes iniciaram uma quarentena preventiva para evitar riscos de possíveis contaminações. No estado, 58 casos da Covid-19 foram confirmados e oito óbitos notificados.

Foto: Luis Júnior/Altos AA
Fonte: Globoesporte.com
 


© Copyright 2004 - 2020 / Todos os direitos reservados ao Futebol do Norte