Notícias
Rio Branco busca reforços, mas esbarra no teto salarial
Bastidores
14.01.2020 - 10:56 - Acre

Com uma política pé no chão, o Rio Branco segue preparação para a estreia na disputa do Campeonato Acreano, dia 6 de fevereiro contra o Andirá EC.

O técnico Luciano Chequini inicia a semana priorizando os treinos físicos e táticos no CT do José de Melo. A ideia do treinador é contar com um novo jogo-treino na próxima quinta-feira (16) para uma nova avaliação da equipe.

Com um elenco reduzido, após a saída de três jogadores durante os últimos dias – o último foi o goleiro Gabriel Freitas, o técnico Luciano Chequini não esconde a dificuldade que o clube enfrenta para anunciar novas contratações. O teto salarial oferecido pelo Rio Branco conspira de forma desfavorável para aquisições de novas peças, mas o treinador acredita que durante a semana a diretoria possa anunciar algum nome (Magno com passagem pelo Avaí-SC está integrado ao elenco, mas ainda não foi anunciado como reforço). O treinador explicou que entende o momento financeiro vivido pelo Estrelão e pede compreensão do torcedor alvirrubro neste momento de reestruturação na agremiação. “O momento financeiro do Rio Branco pede cautela, assim não podemos trazer jogadores somente para completar o elenco. Precisamos contratar jogadores para posições pontuais”, diz Chequini.

A respeito da possibilidade de novas dispensas, Luciano Chequini explicou que o grupo de jogadores é reduzido e só poderia ocorrer com a chegada de novos atletas, mas isso está totalmente descartado para o momento.

Ciente da necessidade de fortalecer o elenco, o presidente Waldemar Neto deixou claro durante o final de semana que busca reforços no mercado, mas precisa encontrar jogadores que se encaixem na política salarial do clube e que também tenham qualidades técnicas para vestir a camisa do Estrelão, algo hoje complicado para encontrar no mercado.

Foto: Manoel Façanha
Fonte: Manoel Façanha
 


© Copyright 2004 - 2020 / Todos os direitos reservados ao Futebol do Norte