Notícias
São Raimundo recupera mandos de campo, mas pleno aumenta multa por confusão
Bastidores
17.12.2019 - 16:34 - Amazonas
Foto: Divulgação

Nesta segunda, o pleno do Tribunal de Justiça Desportiva do Amazonas (TJD-AM) acatou o pedido do São Raimundo para ter o mando de campo dos cinco primeiros jogos em casa no Amazonense de 2020. Em contrapartida, aumentou a multa imposta ao clube, em primeira instância. Antes, o Tufão teria que pagar R$ 1 mil, mas agora, o valor será de R$ 3 mil.

A equipe amazonense havia sido punida pela 3ª Comissão Disciplinar do TJD-AM por conta da briga da torcida na final da Série B do Amazonense, contra o Amazonas F.C., na Colina. Na oportunidade, a equipe celeste foi derrotada por 3 a 1.

A decisão foi aplicada pelo pleno do TJD-AM, após recomendação da Procuradoria da Justiça Desportiva do Amazonas à 3º Comissão Disciplinar. Com isso, o clube terá o mando de campo dos cinco primeiros jogos do Barezão, mas terá que pagar multa de R$ 3 mil, com base no artigo 213º do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD).

Procuradoria vai recorrer

A Procuradoria de Justiça Desportiva do Amazonas, por meio do Procurador Geral do TJD-AM, Bruno Glória, vai recorrer da decisão do Pleno de devolver o mando de campo dos cinco primeiros jogos na Série A 2020. Segundo ele, a perda dos mandos é "perfeitamente possível".

A decisão deve ser protocolada nos próximos dias e deve ser julgado no Supremo Tribunal de Justiça Desportiva.

Foto: Antônio Assis/FAF


O que diz a decisão

Por unanimidade dos votos, CONHECE do Recurso Voluntario da Procuradoria da Justiça Desportiva do Amazonas, para, no mérito, modificar a decisão da 3° Comissão Disciplinar, na aplicação de multa de R$ 1.000,00 (hum mil) reais, majorar para R$ 3.000,00 (três mil) reais, de acordo com o art. 213, do CBJD. Também, CONHECE do Recurso Voluntario da EPD São Raimundo Esporte Clube, para, no mérito, por maioria dos votos da provimento, modificando a decisão da 3° Comissão Disciplinar, e ABSOLVER a EPD recorrente a perda de 5 (cinco) mandos de campo, de acordo com o art. 213, do CBJD, por falta de provas. Requerendo a baixa dos autos, para apuração da Procuradoria, para denunciar a EPD Amazonas Futebol Clube, se assim entender, por ser mandante da partida.

Fonte: Globoesporte.com
 


© Copyright 2004 - 2021 / Todos os direitos reservados ao Futebol do Norte