Notícias
Torcida do Remo zoa rival com árbitro de papelão e faixa comemorativa
Copa Verde
15.09.2019 - 20:20 - Pará
Foto: Divulgação

A torcida do Remo não deixou barato a eliminação do Paysandu na Série C do Campeonato Brasileiro na última semana. Os torcedores aproveitaram a partida contra o Atlético-AC pela Copa Verde, neste domingo, para zuarem o maior rival e teve até participação do árbitro Leandro Pedro Vuaden

No domingo, Vuaden viu toque de mão de Uchôa e marcou um pênalti a favor do Náutico, em decisão muito contestada pelos visitantes, aos 49 minutos do segundo tempo, quando o Paysandu vencia por 2 a 1. Jean Carlos converteu a cobrança e levou a disputa para as penalidades, que terminaram com a vitória e o acesso do clube alvirrubro.

Neste domingo, nas proximidades do Baenão, torcedores levaram uma imagem de papelão de Vuaden em tamanho real com os dizeres: pênalti para o Náutico. Vira e mexe, o "árbitro" de papelão recebia goles de cerveja. Além disto, faixas comemorativas do acesso do Náutico eram vendidas nas proximidades do Baenão.

Na última semana, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) acatou o pedido do Paysandu e determinou a não homologação do resultado da partida contra o Náutico, que deu ao clube pernambucano o acesso à Série B do Campeonato Brasileiro. No entanto, a entidade optou por não paralisar a Terceira Divisão nacional.

O Paysandu, que usa a anulação do duelo entre Aparecidense e Ponte Preta, na Copa do Brasil deste ano, e duas partidas anuladas pela Fifa como exemplo, entende que a marcação do árbitro Leandro Pedro Vuaden fere o Art. 259, parágrafo 1º do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD).

Foto: Divulgação
Fonte: Futebol Interior
 


© Copyright 2004 - 2019 / Todos os direitos reservados ao Futebol do Norte