Notícias
TJD-RR condena São Raimundo a perda de pontos e Roraima é declarado campeão roraimense Sub-17
Bastidores
19.07.2019 - 11:00 - Roraima

Em julgamento dessa quinta-feira (18), a comissão disciplinar do Tribunal de Justiça Desportiva de Roraima (TJD-RR) condenou o São Raimundo, campeão roraimense Sub-17 no domingo (14), a perda de seis pontos no returno da competição, por supostamente relacionar, irregularmente, dois jogadores na segunda e terceira rodadas.

Com a condenação por unanimidade, em primeira instância, o time perde o título do Estadual e a vaga na Copa do Brasil Sub-17, que agora ficam com o vice-campeão Atlético Roraima. Procurado pelo GloboEsporte.com, o presidente do São Raimundo, Sérgio Caranguejo, avalia se vai recorrer ao pleno do TJD-RR.

- Não sei ainda (se vou recorrer). Tou vendo aqui com o advogado do Rio de Janeiro, porque a vaga da Copa do Brasil é do São Raimundo, conforme o regulamento da CBF (Confederação Brasileira de Futebol). A CBF não deve botar o Atlético Roraima Clube no lugar do São Raimundo, porque o próprio regulamento da CBF nos dá o direto - declarou.

Após a decisão, o secretário da Federação Roraimense de Futebol (FRF), Gil Monteiro, informou que a entidade deve comunicar nesta sexta-feira (19) à CBF que o Atlético Roraima representará o estado na Copa. A estreia será contra o Ceará, no dia 4 de agosto, em Fortaleza-CE.

Denúncia foi feita pelo Atlético Roraima

Conforme denúncia do Atlético Roraima, que consta no processo 015/2019, o São Raimundo teria relacionado irregularmente os jogadores Hendrison Kauã Teixeira dos Santos e Cícero Cruz da Silva depois do prazo para a publicação de atletas no Boletim Informativo Diário da CBF, estipulado para 6 de julho. Eles "caíram" no BID dois dias depois e foram relacionados nas partidas contra o Náutico e o Atlético Roraima.

Segundo a denúncia, oferecida pelo procurador interino do TJD, Jhonson Pereira, o clube teria violado o artigo 6º do regulamento da competição, que trata do último prazo para a regularização de jogadores, e o artigo 214 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que trata da inclusão irregular de atletas.

Foto: Eduardo Andrade
Fonte: Globoesporte.com
 


© Copyright 2004 - 2019 / Todos os direitos reservados ao Futebol do Norte