Notícias
Copa Verde 2019 inicia depois da Copa América
Bastidores
14.06.2019 - 15:34 - Giro pelo Brasil

Dia 24 de julho. Esta data é muito esperada por clubes dos estados de Amazonas, Distrito Federal, Mato Grosso do Sul, Acre, Amapá, Espírito Santo, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins. É neste dia que inicia mais uma edição da Copa Verde, torneio regional que movimenta o futebol nestes estados no segundo semestre. É logo depois da Copa América. O novo campeonato já caiu nas graças da torcida.

A Copa Verde 2019 vale vaga na fase de oitavas de final da Copa do Brasil 2020, e dará ao campeão da competição regional um aporte financeiro de 2 milhões e 500 mil reais, como cota de participação no certame nacional. O atual campeão é o Paysandu, que derrotou o Atlético Itapemirim-ES na decisão do torneio, no ano passado. E por falar do Papão, o time de Belém também é o maior vencedor do torneio com dois títulos (2016-2018) e esteve sempre presente da final, com exceção na edição de 2015 quando terminou em terceiro lugar. A competição é disputada desde 2014 e faz parte do calendário do futebol brasileiro organizado pela CBF.

Fórmula de disputa

Seguindo a mesma fórmula do ano passado, a primeira fase reúne 16 clubes classificados, definidos por suas colocações em seus respectivos estaduais. Estes clubes se enfrentarão no sistema eliminatório, com jogos de ida e volta. Os oitos classificados avançam às oitavas de final. Destaque para o confronto entre Vitória-ES x Brasiliense, confronto de estados vizinhos e com clube que já disputou a Série A do Brasileiro.

Na fase seguinte, entram na disputa os grandes clubes da região. Paysandu, Remo, Cuiabá, Luverdense, Santos-AP, Atlético-AC, Sinop e Goiás encaram os classificados oriundos da primeira fase. Os confrontos já estão pré-definidos. O Papão, por exemplo, enfrenta o vencedor de Humaitá-AC e Nacional-AM. Os confrontos desta fase são regionalizados e acontecem nos dias 7 e 14 de agosto. Os clubes que entraram direto nesta fase tem a vantagem de decidir em casa.

As finais do torneio acontecerão nos dias 23 de outubro e 20 de novembro. Uma das curiosidades da Copa Verde deste ano é que a competição reúne clubes de todas as divisões do Campeonato Brasileiro, mais os times sem divisão. O Goiás é o representante da Série A. Pela Série B, o Cuiabá, e pela Série C, Luverdense-MT, Paysandu-PA, Remo-PA e Atlético-AC. Pela Série D, nove representantes: Manaus, Santos-AP, São Raimundo-RR, Fast, Ypiranga-AP, Bragantino-PA, Sinop, Vitória-ES e Brasiliense. Humaitá, Sobradinho, Nacional-AM, União ABC, Galvez, Genus, Costa Rica-MS, Real Noroeste e Iporá não tem divisão.

Favoritos e potências

Representante da região Centro-oeste na elite do futebol brasileiro, o Goiás é grande favorito ao título da Copa Verde. O clube esmeraldino faz uma boa campanha regular nesta primeira parte do Brasileirão e chega forte para a disputa do torneio regional. Esta será a primeira participação do clube na competição. A equipe estreia direto nas oitavas de final e enfrenta o vencedor do confronto entre Vitória-ES e Brasiliense.

O maior rival do time verde é o Paysandu. O atual campeão cresce quando disputa a competição. E os números comprovam isso: foram quatro finais em cinco torneios disputados e dois títulos conquistados. O Papão da Curuzu não vem bem na disputa da Série C, é apenas o sétimo colocado do grupo B com nove pontos e está em crise com direito a dispensa de jogadores. Mas isso não deve atrapalhar os planos do time paraense em busca do tricampeonato da Copa Verde. O Paysandu também entra direto nas oitavas de final e encara o vencedor do confronto entre Humaitá x Nacional-AM.

Diferente do rival, o Remo chega como favorito. O clube do Pará é o líder do grupo B da Série C com quatro vitórias e nenhuma derrota em 15 partidas disputadas. O Leão azul nunca venceu a Copa Verde, mas já foi vice-campeão em 2015 perdendo a final para o Cuiabá. O Remo também entra direto nas oitavas de final e pega o vencedor de Sobradinho x Manaus.

Não podemos esquecer do Cuiabá. Depois de conquistar o acesso à Série B no final da temporada passada e vencer o Campeonato Mato Grossense 2019, o time vinha embalado para a disputa da Segunda divisão 2019. Começou até bem, com duas vitórias, mas depois não segurou o ritmo e terminou sua participação antes da parada da Copa América com quatro derrotas seguidas ficando perto da zona de rebaixamento.

Apesar do momento ruim, o Cuiabá terá tempo de sobra para arrumar a casa e estrear bem na Copa Verde. O Cuiabá inicia sua caminhada na Copa Verde nas oitavas de final e pega o vencedor do duelo entre Real Noroeste x Iporá. Não duvide do time do Mato Grosso. Para quem não sabe, o clube já venceu a competição em 2015.

Foto: Antonio Assis/FAF
Fonte: Futebol do Norte
 


© Copyright 2004 - 2019 / Todos os direitos reservados a Futebol do Norte