Notícias
“Não é impossível reverter em Belém”, diz Léo Condé
Paysandu
24.05.2019 - 17:52 - Pará

O Paysandu até mostrou que poderia brigar com o Internacional, na partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, ao empatar duelo com o zagueiro Micael. Tanto que a equipe comandada por Léo Condé entrou em campo com outra postura no segundo tempo, mas não conseguiu segurar por muito tempo o poderio do time gaúcho, e acabou levando mais dois gols. Para o treinador bicolor, é possível reverter a situação em Belém na próxima semana.

“Claro que vamos analisar e avaliar o que é preciso corrigir para neutralizar as principais jogadas e potencializar o que fizemos de bom. No futebol tudo é possível. É realmente um placar difícil de reverter, mas não impossível. A gente lamenta o resultado, mas fica vivo na competição. O placar de dois gols é considerado, mas não é impossível reverter em Belém. A gente acredita, ainda está vivo na competição. É difícil, é complicado. Mas no futebol sempre acompanhamos muitas situações que foram revertidas”, disse o treinador.

Com o resultado, o Internacional tem a vantagem do empate e podendo perder por um gol de diferença que avança. Caso o Paysandu vença por dois gols de diferença, a vaga vai ser decidida nos pênaltis. O Papão só avança se vencer por três gols de diferença.

Paysandu e Internacional voltam a se enfrentar na quarta-feira, dia 29, no estádio Mangueirão, em Belém, às 19h15, pelo jogo da volta.

Foto: Ascom Paysandu
Fonte: O Futebolista
 


© Copyright 2004 - 2019 / Todos os direitos reservados ao Futebol do Norte