Notícias
De olho na liderança, Paysandu recebe o Juventude
Série C
11.05.2019 - 08:35 - Pará

Dois jogos e duas vitórias. Esse é o retrospecto perfeito do Paysandu nas duas primeiras rodadas do Grupo B do Campeonato Brasileiro da Série C. Focado em se manter com 100% de aproveitamento e na liderança da chave, o Papão recebe o Juventude, no Estádio do Curuzu, às 19h15, deste sábado (10).

Com seis pontos, o Paysandu lidera o Grupo B com folga. O G4 é completo por Volta Redonda, São José-RS e Remo, todos com quatro pontos. Já o Juventude, vem de dois empates seguidos, e, com dois pontos está na quinta colocação.

PAYSANDU

Para o jogo deste sábado, o técnico Léo Condé deverá manter praticamente a mesma formação que venceu o Tombense. Porém, apenas uma mudança poderá ser feita, que acontece no ataque, entre: Paulo Henrique ou Jheimy. Já o recém contrata Tiago Luís deve aparecer como opção para o segundo tempo. Ele falou sobre a reestreia no Papão.

“Se sobrar 15, 20, 30 ou 40 minutos, vou estar ali, pronto e o professor Léo Condé, com certeza, saberá fazer a melhor substituição. Peço que o torcedor venha prestigiar e ajudar o time a chegar a mais uma vitória. Sabia que um dia, de um jeito ou de outro, eu iria voltar”, disse o atacante.

JUVENTUDE

Com foco total na Série C, o Juventude volta a campo neste sábado contra o Paysandu. O técnico Marquinhos Santos terá três baixas para o duelo: o lateral-direito John Lennon, com o joelho inchado, o volante Sananduva, com contratura muscular, e o atacante Paulo Sérgio, com desgaste muscular.

Com isso, lateral Lucas Mota e os volantes Aprile e Christian foram convocados para completar a lista de relacionados. No time titular, a principal novidade deve ser a presença de Bruno Alves e Braian Rodíguez no ataque, um deles na vaga de Paulo Sérgio e o outro na de John Lennon, que vem atuando como meia-atacante.

“Estou muito preocupado de conseguir separar isso na cabeça deles (jogadores). É uma motivação diferente, os jogadores sabem disso. Mas nosso campeonato é outra. Nosso campeonato é subir para a B. Não podemos tirar o foco disso. Claro que não tem como segurar isso nos jogadores, na torcida. Mas não tem revanche”, completou lembrando a goleada por 6 a 0 sofrido pelo Ju diante dos gremistas durante o Campeonato Gaúcho.

Foto: Ascom PAysandu
Fonte: Futebol Interior
 


© Copyright 2004 - 2019 / Todos os direitos reservados a Futebol do Norte