Notícias
Princesa vence Rio Negro de virada e afasta crise
Amazonense-2019
15.03.2019 - 09:11 - Amazonas

Parecia que o Princesa seguiria afundado na crise instaurada há quatro jogos quando Antony, aos 21 minutos, abriu o placar a favor do Rio Negro. O Tubarão, mesmo jogando mal, achou um gol com Jonas e, no último lance, Dedezinho garantiu a vitória heróica em partida realizada nesta quinta, na Arena da Amazônia, em Manaus, pelo fechamento da rodada de abertura do returno do Campeonato Amazonense.

Com o resultado, o time comandado por Marquinhos Piter assume a vice-liderança do returno, atrás do Manaus no saldo de gols, mas à frente do Penarol por conta dos gols marcados. Já o Rio Negro fica na sexta colocação, à frente do sétimo Nacional e lanterna Sul América.

Na próxima rodada, o Galo encara o Fast no domingo, no estádio da Colina. O Princesa vai receber o Penarol, no mesmo dia, mas no Gilbertão, em Manacapuru.

O jogo - A primeira etapa foi de muito equilíbrio e disputas acirradas pela bola, mas de poucas chances reais de gol. A primeira grande oportunidade só aconteceu aos 40 minutos. O Rio Negro puxou contra-ataque com seis jogadores contra dois adversários. Jardel recebeu na direita, tentou aplicar um drible e adiantou demais a pelota, perdendo chance incrível. No lance seguinte, veio a resposta. Edinho Canutama recebeu cruzamento da direita. Livre, ele teve tempo para dominar, ajeitar o corpo e bater para o gol. Mas chutou muito mal e mandou para fora. O time visitante ainda teve uma última chance aos 48. Cléber fez jogada individual e arriscou de fora da área. A bola desviou na zaga e enganou Guanair, que ainda assim se recuperou na jogada e fez defesa importante.

José Ribamar sacou Jardel e colocou Gabriel Renan. Marquinhos Piter tirou Edinho Canutama e promoveu a entrada de Júnior Lacraia. O jogo ganhou muito em velocidade e qualidade técnica. Aos oito, Lacraia fez jogada pela esquerda, driblou um marcador e virou a bola para Cléber, na direita. O meia se livrou da marcação, arrumou espaço e bateu para o gol. Guanair fez a defesa. Aos 16 foi a vez de Renan assustar. Ele recebeu na esquerda, cortou para a perna boa e bateu colocadinho, visando o ângulo. Para sorte de Matheus Melo a bola passou tirando tinta do travessão.

Piter ainda colocou Jonas e Dedezinho. O último assistiu da beirada do campo o gol de Antony, que abriu o placar, aos 21 minutos. Ele chutou de fora a aproveitou falha de Matheus. O Tubarão empatou aos 32. Lacraia cruzou da esquerda, e Jonas entrou livre para cabecear para o fundo das redes. O lance gerou muita reclamação, que culminou na expulsão de José Ribamar. O preparador físico do Princesa, Ronaldo Rodrigues, também foi expulso. Quando parecia que terminaria empatado, Dedezinho, aquele mesmo que viu o gol do Galo da beirada, marcou um golaço no apagar das luzes e garantiu a vitória heróica.

Foto: Marcos Dantas
Fonte: Globoesporte.com
 


© Copyright 2004 - 2019 / Todos os direitos reservados a Futebol do Norte