Notícias
“Infelizmente as coisas não deram certo”, diz Juninho, goleiro do Rio Branco
Acreano-2019
14.03.2019 - 12:35 - Acre
Foto: Divulgação/Rio Branco

O goleiro Juninho, 30 anos, que rescindiu contrato com o Rio Branco na última semana, após a derrota para o Plácido de Castro por 3 a 2, resultado que eliminou o clube da disputa do título do primeiro turno do Campeonato Acreano, falou pela primeira vez sobre a passagem que durou menos de três meses no Estrelão.

O jogador, contestado por algumas atuações nas seis partidas que foi titular com a camisa 1 do Alvirrubro, lamentou o desfecho do ciclo no clube, garante que se dedicou e foi profissional durante o período em que esteve no José de Melo, e falou ainda sobre as críticas que recebeu.

– Fico triste das coisas não terem dado certo no Rio Branco. Aonde passei sempre deixei uma boa impressão. Sempre me dediquei e fui profissional no Rio Branco, mas infelizmente as coisas não deram certo. Sobre as críticas, isso é normal para um jogador, Deus sabe de todas as coisas – afirmou.

Juninho sofreu no ano passado a perda do pai, no mês de agosto. Segundo o jogador, era quem mais o incentivava na carreira. Apesar do baque pelo luto, ele acredita que a tragédia pessoal não tem relação com o momento profissional.

– Sobre a perda do meu pai foi muito difícil, era o cara que mais me incentivava, mas não influenciou em nada. Acho que faz parte da vida um planejamento não dar certo, ninguém é culpado. As vezes coisas só não acontecem. Tenho minha parcela de culpa como todos também têm, mas faz parte. Agradeço à comissão técnica, aos atletas e diretoria por tudo – declarou.

Sem clube, o goleiro ainda não definiu o futuro. Recebeu algumas propostas, mas preferiu não aceitar.
– Tive propostas, mas recusei, agora estou correndo atrás de algumas situações. Nada certo ainda – concluiu.

Juninho foi titular nos seis jogos oficiais do Rio Branco-AC na temporada, cinco pelo Campeonato Acreano e um pela Copa do Brasil, e sofreu 10 gols.

Fonte: Globoesporte.com
 


© Copyright 2004 - 2019 / Todos os direitos reservados a Futebol do Norte