Notícias
Manaus estreia com vitória no returno sobre o Sul América
Amazonense-2019
14.03.2019 - 00:54 - Amazonas

Água mole em pedra dura tanto bate até que fura. E o ditado popular foi muito bem empregado no duelo entre Manaus FC e Sul América, na noite desta quarta, no estádio da Colina, na abertura do returno do Amazonense. O Gavião teve três gols anulados, sendo dois com Jefferson e um com Dolen, mas no final contou com a estrela de Hamilton, que marcou duas vezes e ajudou na vitória por 3 a 1. Sávio marcou o outro gol do Gavião, enquanto Derik fez o de honra.

Depois de um primeiro turno em que ficou de fora das semifinais, o bicampeão Manaus começou bem o segundo turno. Com a vitória por 3 a 1 sobre o Sul América, chegou aos três pontos e, por conta do saldo de gols, fica provisoriamente em primeiro lugar na tabela de classificação - Rio Negro e Princesa ainda fecham a rodada nesta quinta. O Sulão, que virou o turno em último, segue na lanterna.

Na próxima rodada o Manaus encara o Iranduba, no sábado, dia 16, às 18h, no estádio da Colina. O Sul América joga no mesmo dia, às 15h, contra o Nacional.

O Jogo - A primeira etapa de jogo foi totalmente dominada pelo Manaus. A equipe comandada por Wellington Fajardo buscou o gol desde o início, mas pecou na finalização. Até chegou a marcar, mas teve dois gols anulados. O primeiro foi de Jefferson, aos 33. O árbitro validou o gol à princípio, mas assistente Anne Kesy reparou o erro e anulou o tento após dois minutos. O outro ocorreu aos 40. Dolem tabelou com Hamilton e entrou na área para marcar, mas recebeu o passe um pouco tarde e ficou em posição de impedimento antes de estufar as redes. Aos 43, Rossini recebeu de costas para marcação dentro da área e caiu. Pediu pênalti, mas o árbitro disse que não houve nada.

A segunda etapa, acredite se quiser, também começou com polêmicas. Primeiro com Dolem, que invadiu a área, ficou no chão na disputa de bola e reclamou de pênalti. Depois o Manaus teve mais um gol anulado, aos três minutos, novamente com Jefferson. Lê Santos ainda foi expulso logo nos primeiros minutos. Se não parecia ser noite esmeraldinha, enfim o torcedor do Manaus pôde sorrir com o gol marcado por Sávio. Desta vez validado. O atacante, que acabara de entrar, recebeu em profunididade, ganhou da zaga na velocidade e tocou na saída do goleiro. O Sulão. Aos 40, após escanteio, Derik mandou um balaço e empatou. Não deu nem tempo de comemorar, pois no minuto seguinte Hamilton colocou o Gavião na frente. Ele recebeu passe de Vitinho, dominou diante da marcação e deslocou Darlan. E não parou por aí. Novamente Vitinho fez jogada pela direita e tocou para Hamilton marcar mais um aos 51 minutos.

Foto: Gabriel Mansur
Fonte: Globoesporte.com
 


© Copyright 2004 - 2019 / Todos os direitos reservados a Futebol do Norte